Faça parte da construção de um Mundo + Racional e Humano

sábado, 20 de dezembro de 2008

Natal - momento de reflexão ou de exploração?


Uns defendem que o natal é mágico, pois produz momentos ímpares de harmonia e felicidade. Outros não concordam, vendo no natal apenas motivos comercias. Qual destes pensamentos está com a razão, se pode se querer dar razão a um deles? Ou ambas as formas de pensar estão corretas? Escolhi um texto que conta a história de um natal vivido pela querida amiga Beatriz Kappke. Nele, ela reproduz os acontecimentos, as emoções e as ações que envolvem esta data, motivado por aquilo que costumamos chamar de espírito do natal. Acesse: http://www.beatrizkappke.com/umnatal.htm

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Viver, sobreviver ou perecer? A escolha é minha, é sua!


Afinal, onde e como a atitude que tomo influi ou pode influir na viabilização, ou não, da existência, com qualidade, de todas as formas de vida, principalmente a do ser humano, no planeta terra?

Assista ao vídeo e procure saber em que ponto da cadeia você se enquandra no processo desta construção. http://www.unichem.com.br:80/videos.php

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Nepotismo - Súmula vinculante 13



NEPOTISMO - ANTES ERA BOM SENSO, AGORA É LEI!

O STF (Supremo Tribunal Federal) aprovou a súmula vinculante que proíbe o nepotismo no serviço público nos três poderes. Pelo texto, ficou estabelecida a ampliação do conceito que trata do nepotismo cruzado quando autoridades contratam parentes de outras autoridades para driblar a relação direta de parentesco e que envolve diretamente os parentes de autoridades e pessoas que ocupam cargos de chefia ou confiança. A ordem vale para familiares até 3º grau. O texto da súmula diz: "A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até 3º grau, inclusive da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou ainda de função gratificada da administração pública direta, indireta em qualquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal".

A decisão de proibir o nepotismo inclui Judiciário, Legislativo e Executivo --órgãos de autarquias direta e indireta. Com a súmula vinculante, a ordem passa a ser obrigatória em todo o país.

Súmula Vinculante 13
A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta em qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal.

Charge de Ivan Cabral - ivancabral.blogspot.com/2008_09_01_archive.html

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Nepotismo - "jeitinhos" cruzados no toma lá da cá

OS NOVOS PREFEITOS, NEM COMEÇARAM SUAS GESTÕES, E JÁ ENCONTRARAM UM ¨JEITINHO¨, PARA BURLAR A LEI ANTINEPOTISMO; ARROGANTES, ACHANDO-SE OS MAIS ESPERTOS DE TODOS, CONFIANDO NA IMPUNIDADE E NA OMISSÃO DAS AUTORIDADES, REALIZAM O EMPREGUISMO CRUZADO ( NEGOCIATAS ) DE PARENTES, O TOMA LÁ DA CÁ, ESTAS MANOBRAS TÃO REPUDIADAS E COMBATIDAS PELA SOCIEDADE.

E AGORA, SORRATEIRAMENTE, EM PLENA LUZ DO DIA, ENGANAM A POPULAÇÃO, EFETUANDO A DIVISÃO DO DINHEIRO PÚBLICO EM BENEFICIO PRÓPRIO, O POVO INGÊNUO, SEM SABER O QUE ACONTECE EM SEU MUNICIPIO, ACREDITAM CEGAMENTE EM SEUS GOVERNANTES, SEM DAR-SE CONTA NA ARMADILHA QUE CAIRAM, POIS FORAM ENGANADOS POR SEUS ALGOZES.

VEREADOR INDICA A MÃE, PARA SECRETARIA; OUTRO VEREADOR INDICA O FILHO, PARA SECRETARIO; MARIDO E MULHER OCUPANDO CADA UM UMA SECRETARIA, ETC.ETC.ETC. E TAL. E OUTROS CONCHAVOS ELEITOREIROS, QUE VEM SENDO DENUNCIADOS EM VÁRIAS CIDADES DO ESTADO E DO PAÍS.

POLITICOS QUE ANTES NA OPOSIÇÃO, FAZIAM PROJETOS ANTINEPOTISMO, PREGAVAM MORAL, DENUNCIAVAM, COMO OPORTUNISTAS E APROVEITADORES, OS GOVERNANTES QUE NA ÉPOCA EXERCIAM ESTA PRÁTICA DITA CRIMINOSA; HOJE A CAMINHO DO PODER CALAM-SE DE FORMA SUSPEITA, ESQUECENDO-SE QUE QUANDO OPOSIÇÃO, OS TÃO COMBATIVOS QUE ERAM.

NA REALIDADE NÃO PASSAVAM DE DEMAGOGOS; HOJE AO CONTRARIO DO QUE PREGAVAM, COMEÇA A CAIR A MÁSCARA DA FALSIDADE, CADA UM QUERENDO METER A MÃO, TIRAR PROVEITO DO DINHEIRO ALHEIO, A QUALQUER CUSTO, ESQUECENDO-SE DAS PROMESSAS DE CAMPANHA, MAIS UMA VEZ DANDO UMA RASTEIRA NA POPULAÇÃO. E SEGUE A CIRANDA; O TRENZINHO DO NEPOTISMO DESCARADAMENTE CONTINUA!

ALERTAMOS A IMPRENSA, AS CÂMARAS DE VEREADORES E O MINISTÉRIO PÚBLICO O GUARDIÃO DAS LEIS, PARA QUE FIQUEM EM ALERTA.

E O ZÉ POVO, CONTINUA ENGANADO, DESPREZADO E ILUDIDO; POIS CERTAMENTE NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES SERÁ SEDUZIDO NOVAMENTE COM APERTO DE MÃOS, ABRAÇOS, BEIJINHOS, PROMESSAS E OUTRAS COISITAS MAIS; POBRE DO ZÉ POVO;

ATÉ QUANDO, ATÉ QUANDO?

JÂNIO ALBERTO LIMA - PRESIDENTE DO PARTIDO VERDE – ALEGRETE - RS

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Novo código de ética dos médicos.


A prática comum entre médicos de aceitar viagens, inscrições em congressos e brindes da indústria farmacêutica deverá ser proibida pelo novo Código de Ética Médica, previsto para entrar em vigor no próximo ano. Um grupo importante do Conselho Federal de Medicina (CFM), que agora começa a discutir o novo texto, defende que esse comportamento passe a ser considerado formalmente como infração ética. "Médico tem de deixar de ser garoto-propaganda", afirmou o vice-presidente do CFM, Roberto Luiz d’Ávila. "Sinto-me envergonhado com a atitude dos colegas."

A iniciativa surge em meio à polêmica causada pelas acusações de envolvimento de médicos em um esquema que forjava ações judiciais para obrigar o Estado de São Paulo a comprar remédios de alto custo para o tratamento de psoríase - doença que provoca feridas na pele. Os médicos do esquema prescreviam medicamentos caros fornecidos por determinados laboratórios e, com a prescrição na mão, o paciente entrava na Justiça orientado por representantes dos laboratórios.

Antes mesmo de o texto entrar em vigor, uma recomendação, preparada em conjunto com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e representantes do setor farmacêutico, deverá ser concluída. A expectativa é de que seja divulgada em março. "Mas será um protocolo com sugestões. Não terá caráter punitivo", afirmou o vice-presidente do CFM.